Balanço e Resoluções para o Novo Ano

Categories Livro Aberto

IMG_8104

A passagem de ano é uma altura de balanços e significa para muitos: mudança de hábitos, criar novos objectivos, manter o que é bom e deixar para trás o que não está bem.

Quando olhamos o passado e tentamos desenhar o futuro, tenho por hábito fazer um exercício que aconselho: antes de mais importa ter à mão uma caneta e um papel, mas as Notas do vosso telemóvel também servem! Ah, é importante que não esperem pela noite de 31 para o fazer, uma reflexão requer  algum tempo a sós!

Ao fazerem um balanço do ano que passou devem colocar a vocês mesmos algumas questões e pensar com toda a sinceridade nas respostas – desta forma será mais fácil criar resoluções, mas já lá vamos.

Para o balanço:

– O que correu bem? Porquê?

– O que correu mal? Porquê?

– Houve coisas que gostaria de ter feito de forma diferente? O quê?

– Hábitos positivos (o que me fazem bem)?

– Hábitos negativos (o que não me fazem bem/não quero manter)?

– Quais foram as minhas prioridades?

– Quando é que fui feliz?

A ter em conta:

Depois de responderem a estas questões, é tempo de pensar nos objectivos do novo ano, nas resoluções que queremos para as nossas vidas. As resoluções ajudam a definir prioridades na nossa vida e podem ser realmente úteis, na hora de tomar decisões e na organização dos nossos objectivos.


Nesta fase devemos ter  ideias precisas, tangíveis e defini-las no tempo (ex: Para cumprir no primeiro trimestre; para fazer todos os dias ou 3 vezes por semana). Podemos ousar em alguns itens, mas a maioria das coisas que vamos escrever deve – tal como já disse – ser possível de concretizar, para não nos frustarmos, nem nos desmotivarmos.

Para as resoluções:

– Objectivos para o novo ano (financeiros, pessoais, profissionais)

– As minhas prioridades

– O que só depende de mim mudar

– Hábitos a manter/evitar

– O que é mesmo essencial para ser feliz

– Um sonho (que parece) impossível

A ter em conta:

Quando desejamos mudar algo não devemos depositar toda a nossa vida nessa expectativa. Não devemos ser escravos de uma resolução.


Ano Novo, Vida nova! É uma frase recorrente nesta altura…o certo é que a mudança do ano tem uma simbologia e traz-nos a maravilhosa vontade de recomeçar, de sermos melhores, de construirmos a nossa melhor versão de nós mesmos.  Feliz Ano Novo!

Partilhas 207

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *