Dicas para o banho de imersão perfeito

Categories Ar de Sua Graça

Todos nós temos dias mais stressantes, mais cansativos – seja porque razão for, o certo é que estes dias existem e não há muito a fazer. Podemos, no entanto, encontrar soluções e formas de lidar com o stress.  Neste artigo, vamos explorar uma opção fácil e eficaz. O banho de imersão.

É sem dúvidas uma das melhores formas de relaxamento, sem dar muito trabalho. Ter sempre em casa os nossos “ingredientes” favoritos para um banho de imersão.  Depois do banho – no dia seguinte, por exemplo – gosto de apontar na lista de compras o que gastei, para repor.

Em relação aos “ingredientes”, as opções são várias, temos sais, bombas de banho (sais efervescentes), óleos, espuma,  com uma infinita variedade de fragrâncias. Sempre que possível, devemos usar ingredientes naturais, que provoquem em nós os efeitos que pretendemos. Por exemplo, a lavanda é um excelente para tranquilizante e calmante, depois de um dia agitado.  O eucalipto e a hortelã-menta são perfeitos para limpar as vias respiratórias.

Relativamente à preparação do banho, há alguns pontos bastante importantes para que possamos relaxar ao máximo e recarregar energias. Em primeiro lugar, é importante que a casa-de-banho esteja limpa e arrumada. A temperatura ambiente deve ser agradável, para que depois do banho o choque térmico não seja grande. Sugiro a utilização de um aquecedor, mas atenção porque da mesma forma que não queremos uma casa-de-banho fria, também não a queremos demasiado quente. A regra aqui – como em quase tudo – é o equilíbrio.

O mesmo se aplica à temperatura da água.O ideal é encher a banheira até meio e, nessa altura, verificar a temperatura com a mão – atenção que devemos pensar no tempo que queremos ficar na banheira, para não corrermos o risco da água arrefecer rapidamente.  Se a temperatura estiver do nosso agrado, podemos terminar de encher, se não estiver…podemos ajustar com o resto da água que irá ser adicionada.

Ainda antes de entrarmos na banheira, é uma boa ideia acender algumas velas, tendo o cuidado de as colocar em superfícies planas, longe de qualquer objecto inflamável. Pessoalmente, gosto de apagar a luz da casa de banho e ficar apenas com a luz das velas, é mais relaxante. Velas perfumadas podem ser uma boa ideia. Podemos também colocar música ambienteHá pessoas que preferem estar em silêncio –  e o silêncio, na minha opinião, é uma ótima companhia. Eu gosto das duas opções, depende dos dias.  Se quiser ouvir música, procuro playlists (listas de músicas) que sei que me vão ajudar a relaxar, como aquelas que podemos ouvir num spa, por exemplo.  O banho de imersão é um bom local para meditar. Aqui fica o exemplo de duas playlists:

Há dias em que junto a este momento um copo vinho. Ter um copo de água também é uma boa ideia –  não vá dar-se o caso de termos sede durante o banho. Há alturas em que junto um prato de fruta fresca, já cortada, que serve de aperitivo!

Quando entrarmos para o banho devemos deixar a toalha (ou roupão) e os chinelos, por perto. Utilizem uma toalha bem dobrada como apoio para a vossa cabeça – há quem tenha almofadas de banho, mas não é o meu caso.

Mergulhem” e deixem os problemas do lado de fora. É tempo de cuidar do corpo e da alma. Pensem no que vos faz bem, respirem profundamente e aproveitem este momento de descontração ao máximo. Se preferirem, leiam um livro – a mim não me dá jeito. Relaxem.

Depois do banho, apliquem um creme corporal, para hidratar bem a pele, e devem massajar suavemente a peleVistam uma roupa descontraída, o pijama, ou arranjem-se para ir ter com alguém. Seja o que for que façam estarão , com toda  a certeza,  com energias renovadas.

Fotografias retiradas do google 

Shares 0

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *