CIEN_02_2076_cl_v3

Fiquei muito honrada com este convite. A Cien é uma marca com a qual me identifico. Acho que, tal como eu, as mulheres portuguesas são cada vez mais um reflexo da marca, porque todas queremos produtos de qualidade e se os podemos ter a um preço acessível…para quê gastar muito? Saber que o LIDL e a Cien confiam em mim para representar a marca é muito gratificante. Poder ser embaixadora desta marca deixou-me muito feliz. Os produtos Cien refletem, exatamente, as escolhas que eu gosto de fazer. Já conhecia os produtos e uso-os efetivamente. O Aqua é o meu creme diário!

Aqui fica uma parte da entrevista que dei para a Dica da Semana do LIDL, que podem ver na íntegra na Dica da Semana!

Dica – Revês-te no conceito de beleza inteligente?

AR – Acho que cada vez mais, olhando à conjuntura atual, temos de ser inteligentes nas nossas escolhas. Gastar dinheiro só por gastar não faz qualquer sentido. Se podemos ter bons produtos a baixo custo, por que não? Para mim só assim é que as coisas fazem sentido.

Dica – Porém, o público associa-te sobretudo a produtos de luxo?

Isso é um engano, há que saber fazer as escolhas certas. As peças que tenho de valor mais elevado funcionam sempre como investimentos: ou porque é um casaco que me vai durar 10 ou 20 anos, ou porque é uma mala que sei que vai ficar para a vida. Em relação à cosmética, por exemplo, já experimentei grandes marcas, e aquilo que fui percebendo é que realmente o facto de ser uma grande marca não significa que me dê um maior conforto. E nisso o Cien é perfeito, porque me faz sentir bem e me dá aquilo que eu preciso, ainda por cima a um preço muito acessível e com uma qualidade elevada.

Dica – 2017 vai ser o ano?

Para mim o melhor está sempre para vir e este novo ano é apenas mais um ponto de partida para um novo ciclo na minha vida pessoal, com o casamento, e profissional, com novos projetos. Acho que vai ser um ano positivo.

Dica – O que é que já nos podes revelar sobre esses novos projetos?

Só que eles existem e que me deixaram muito entusiasmada. Novos projetos significam novas aprendizagens e mais crescimento, portanto estou muito feliz com o que está para vir.

Dica – Era esta a carreira com que sonhavas?

Eu nunca sonhei fazer televisão. As coisas foram acontecendo e eu fui-me apaixonando. Há coisas que nós só percebemos quando as vivemos e o certo é que aquilo que eu tenho hoje é muito mais do que aquilo que alguma vez imaginei, mas também sei que trabalhei muito para chegar até aqui. Nada se consegue sem trabalho. A minha mãe é uma mulher muito trabalhadora e sempre me deu esse exemplo, que eu fiz questão de seguir à risca.

Dica – Qual é a tua maior ambição?

Uma das coisas que me faz ser realmente feliz é nunca imaginar de mais, nem me deslumbrar. Vivo o presente. Para podermos preparar um futuro que nos traga aquilo que desejamos temos de trabalhar no presente, dando o nosso melhor todos os dias. O verdadeiro futuro é agora.

Dica – Qual a palavra que melhor te define?

Mais do que uma palavra é uma forma de estar e de olhar para a vida: viver ao máximo, acreditando que o melhor está para chegar. Essa forma de estar define-me. Acreditar que cada dia é uma oportunidade.

CIEN_03_1983_cl_v3

À QUEIMA-ROUPA

Dica – O que é que te faz “descer do salto”?

Nada. Do salto só desço para ténis.

Dica – Um refúgio para descansar?

A minha casa e o meu sofá. Poder ler um bom livro ou ficar encostadinha ao Daniel, a ver uma boa série é um excelente momento de descanso.

Dica – Que séries é que vos prendem ao ecrã?

Ui, tantas. Blacklist, Suits, Homeland, House Of Cards, Game Of Thrones…

Dica – Vamos fugir para outro lugar?

Vamos? Adoro Itália, é um país onde sou sempre muito feliz. Mas neste momento talvez preferisse ir a um local que ainda não conheço… talvez a Austrália

Dica – Três desejos para pedir ao génio da lâmpada.

Tempo para mim, para fazer tudo o que gostaria de fazer. Tempo de vida para os meus, porque não gosto da ideia da finitude, é algo que me assusta e me custa muito a aceitar. E o terceiro desejo é pedir mais três desejos: Saúde, força para ter a capacidade de realizar todos os meus sonhos. E, pode parecer clichê, mas gostaria que o mundo  se tornasse num espaço mais justo e melhor para viver, para nós e para as próximas gerações. Estamos a viver tempos muito conturbados, o mundo está a tornar-se num espaço muito estranho, o que me assusta.

CIEN_04_2222_cl_v3

Shares 1K

3 thoughts on “Embaixadora Cien

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *