dsc_8531-2

É certo que não escolhemos a família onde nascemos, mas apesar das muitas variáveis e num golpe de sorte, a vida fez-me nascer de alguém muito especial e crescer no seu colo! Um colo que me deu tudo o que estava ao seu alcance, que foi além do que podia para que nada me faltasse. Aconchegou-me nas noites mais difíceis, supriu todas as lacunas e foi ela que me fez sentir segura e capaz de correr atrás dos meus sonhos! Mãe! És tu, Mãe! Sempre tu Mãe! Ainda há dias me deste colo como se eu fosse pequenina e sei que aos teus olhos sempre o serei! No teu abraço tenho a força e coragem, em ti escondo lágrimas e solto gargalhadas, contigo vivo as ansiedades e as conquistas! Mãe! Tens a força de uma árvore que não cede com o vento e uma filha que te agradece por tudo. Não escolhemos a família onde nascemos, mas se escolhêssemos, de todas as pessoas do mundo, seria a ti que escolheria para seres o que és! Mãe! Hoje e sempre!

Partilhas 140

3 thoughts on “Mãe!

  1. Adoro o texto 😉
    Muitos parabéns pelo seu blog, está super cativante e muito giro.
    Já agora gostaria de colocar uma questão, como conseguiu colocar as diferentes categorias desse jeito? A aparecerem distribuídas em cima, estão muito engraçadas.

    Beijinhos

Responder a Carolina Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *