Mudar radicalmente de cor de cabelo

Categories Espelho Meu

Já lá vai algum tempo, eu sei….mas foram e continuam a ser muitas as mensagem que recebo neste sentido. Quem viu a final do Lip Sync Portugal (ou acompanhou as minhas redes sociais) sabe que fiz aquilo que poderia ser considerado uma pequena “loucura”… Pintei o cabelo de cor-de-rosa – para interpretar Pink!!

A verdade é que, se antigamente pintar o cabelo com cores radicais tinha efeitos prejudiciais para a saúde do nosso cabelo, hoje em dia essa questão já não se coloca…mas ATENÇÃO, só se o fizermos com profissionais que sabem o que estão a fazer!

Confiei, como sempre, o meu cabelo às mãos e profissionalismo da Olga Hilário do Slash Creative Hair Studio e o resultado foi espectacular. Dois dias depois regressei à minha cor habitual, mas confesso que fiquei com o “bichinho” das cores radicais. 🙂

No seguimento do artigo que publiquei há uns dias sobre as tendências de cabelo para 2019 – e depois de muitos pedidos –  pedi à Olga que desse algumas dicas sobre a mudança radical de cor. Aqui fica o texto da Olga:


Mudanças para cores fantasia dependem sempre da base que temos. Se o cabelo for virgem de cor tudo é possível. Basta aclarar o cabelo até ao tom necessário para podermos aplicar a cor escolhida. Se o cabelojá  estiver pintado, então complica-se um pouco o processo e ficamos dependentes das limitações de cada cabelo.

No caso da Andreia, o cabelo dela já estava pintado. Então seguimos com os seguintes passos:

  1. Fizemos uma limpeza de tom para remover o pigmento artificial e eliminarmos o tom escuro.
  2. Aplicámos o Hot Hot Pink da Manic Panic para criar o rosa. É uma tinta vegan que não afecta a saúde do cabelo e só deposita pigmento de cor.

As cores fantasia ficam sempre mais bonitas quando são criadas com tintas como as da Manic Panic. A durabilidade é mais ou menos 2 meses e o cabelo fica suave e com brilho.

Dica para fazer a manutenção de cores fantasia:

  1. Usar um shampoo sem sal/sulfatos e evitar água muito quente;
  2. Hidratar bem o cabelo;
  3. Evitar molhar o cabelo em piscinas ou no mar;
  4. Não usar produtos da Lush, porque removem a coloração;
  5. Utilizar máscara com pigmento para manter a cor.

 

Obrigada Olga!

Para finalizar, deixo algumas fotografias de todo o processo!

 

0 Partilhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *